sexta-feira, outubro 07, 2005


Hora:8h00 Local:Emprego

Não estou sozinho, um ou outro colega de trabalho e as senhoras da limpeza já se encontram em sofrimento

Pensamento: já comia qualquer coisita...

Saco da bela sandes de queijo e iogurte de morango e como habitualmente entorno o iogurte em cima de mim, mais propriamente em cima das minhas partes baixas...aí começa um dos periodos mais surreais que se passaram comigo nos ultimos tempos.

Estou a praguejar mentalmente, quando me sinto observado, levanto a cabeça e deparo com uma das senhoras da limpeza, que por acaso, eu nunca tinha visto, provavelmente mais nova que eu com um sorriso maroto e o olhar a alternar entre os meus olhos e o derrame de iogurte, fico um pouco atrapalhado e para disfarçar viro-me para o meu colega e digo-lhe:

"Já me caguei todo!"

Quem me responde não é ele mas sim a senhora da limpeza com um sorriso ainda mais maroto:

"Queres que te limpe?"

Fiquei boquiaberto, sem reacção até que finalmente consigo dizer umas sábias palavras:

"ahahpoisblbra racaraca"

Nos minutos seguintes eu e o meu colega muito nos esforçámos para controlar o nosso riso enquanto a senhora continuava com uns olhares muito insinuantes quando se cruzava connosco e produzia cenas e poses altamente provocatórias proprias de um filme a roçar o atrevido dos anos 70, mesmo à minha frente!!!

Hora:8h20

O filme acabou, as senhoras concluem o seu trabalho, eu felizmente continuo sujo e ao ir embora a senhora mais uma vez lança um olhar desafiante, ainda volta atras já sem a farda de trabalho como que a mostrar o seu fisico de nadadora, e o que eu estaria a perder...

Pensamentos Pós Traumaticos

Tendo em conta que o meu horário de trabalho inicia-se às 8h00 e as senhoras da limpeza encontram-se sempre por cá, quer-me parecer que teremos de aguardar pelos proximos episodios e eu vou têr de recrutar alguma alma caridosa entre os meus colegas disposto a sacrificar-se por mim tomando o meu lugar nesta árdua e honorifica tarefa de tornar o trabalho mais agradável para as senhoras da limpeza...

Ass: Amarelo

quinta-feira, outubro 06, 2005

Conlúio das penas


Hoje meus amigos, tive uma experiência no minimo horripilante, fiquei horrorizado aquando da minha chegada ao meu veiculo de transporte que faz o favor de me deslocar para o meu, não menos horripilante, emprego.

Sai eu descansado do meu modesto mas aconchegado apartamento quando e sem previo aviso deparo-me com tal visão horrenda, qual filme hitchcok, que me deixou pasmado.

MEUS AMIGOS LEVEI A MAIOR CAGADA DA MINHA VIDA ALGUMA VEZ EFECTUADA POR UM BANDO DE PASSAROS...

Impressionate...

Fiquei boquiaberto, não durante muito tempo não fossem eles atacar novamente...

Pois é, mas como não sou de ter medos e tão pouco de desistir, meti-me dentro do meu veiculo altamente atingido pela bombas anais de tais vis e infames criaturas, pronto para sair de tamanha batalha campal que ali decorria, quando e subitamente fui novamente alvo de nova descarga;

Meus amigos senti-me como se estivesse dentro um buncker, a merda era tanta, REPITO A MERDA ERA TANTA, que a minha sorte foi ter o carro estacionado de frente pois apenas o vidro de trás escapou a tal ataque.

Pois é, apartir deste momento comecei a compreender todos aqueles que sofrem de ornitofobia (nem imaginam o que andei a pesquisar para saber este nome, e mesmo assim foi o Amarelo que me disse)

Bom mas como eu tento sempre olhar pelo lado bom da coisa (a merda pelos vistos tambem tem um lado bom) e tendo em conta o que se diz; A merda dá sorte... Eu devo ser com toda a certeza o gajo mais sortudo do mundo.

Ass: Nazgûl